7.8.07

Festival DoSol [2007] - primeiro dia


1ª dia

A primeira noite ganhou empolgação quando The Sinks [RN] subiu ao palco tocando canções do seu recém lançado ep “Ignored”, que poderia estar em qualquer prateleira de alguma loja perdida em Seattle. Aproveitando o clima overdrive, vêm o Cascadura [BA] com seu rock vibrante, mais que sincero de quem já está na estrada há muito tempo. Munido de boas letras e ótimos riffs, o Cascadura é a prova da resistência [e persistência] em empunhar uma guitarra e fazer barulho até o ouvido sangrar.

Dando uma amansada nos amplificadores, o Volver [PE] executou boas canções, embalando a galera com sua sonoridade “jovem guarda”. Chegada a vez do Vamoz!, o power trio pernambucano de guitarras endiabradas demonstrou no palco o seu já conhecido e sempre visceral rock duro. Set rápido, intenso, mesclando músicas do velho e do novo álbum, sinceramente: rock duro e alto... FYA BABY!!!

Depois da paulada do Cascadura e do Vamoz!, ficou difícil para o Moptop [RJ] empolgar os mais exigentes. Apresentação morna e funcional. Quando aqueles mais sonolentos cochilavam pelos cantos, com certeza, acordaram assustados com as cordas nervosas do Bugs [RN]. Velha conhecida do público e figura presente nos grandes festivais independentes, a banda tocou as canções mais que envenenadas do seu mais novo álbum: Exílio. Resumindo: rock cru e esfumaçado. A maratona da primeira noite chega ao fim, com o público aguardando os gaúchos do Cachorro Grande, que executaram um show contagiante e que ficou, a contento dos presentes.

2 comentários:

r_alencar disse...

fala caros erres, estive na sexta e gostei do que vi ouvi e li por aqui sobre sinks, vamoz! e cachorro grande (os que mais prestei atenção no palco).

pena que o espaço não ajudou muito a acústica, mas tinha muito o que se fazer no galpão...

r_alencar disse...

corrigindo: * não tinha muito que se fazer no galpão quanto ao 'embolamento' do som no meio de campo.

o melhor ponto pra se ouvir tudo era em frente aos banheiros - hehe falows